quinta-feira, 25 de outubro de 2007

POLVO GIGANTE



Depois de batido nestas pedras, deve estar tenrinho!




Um polvo gigante, de 12,40 metros de comprimento e 13 toneladas de peso, que não era visto há 107 anos.

Não vi a entrevista e por isso não sei quem o viu pela última vez, mas que apareceu e morreu numa praia do sul do Chile, informou esta quarta-feira o Centro de Conservação Cetácea de Santiago (CCC), parece-me que não há dúvidas.

O animal foi inicialmente
confundido com um "monstro marinho", ou uma baleia extraviada e moribunda, mas os cientistas confirmaram que se tratava de uma espécie de cefalópode, do qual não existiam notícias desde 1896, quando um polvo similar foi encontrado na Flórida (Estados Unidos).

A descoberta ocorreu no dia 24 de Junho na área de Los Muermos.

A capitania naval do porto da aldeia de Maullín, na costa do Pacífico, ao sul da cidade de Puerto Montt, 1.000 km ao sul de Santiago, alertou o CCC.

Depois do exame do animal, da análise de fotografias, medições e da extracção de tecidos, foram enviadas amostras e antecedentes para grupos de pesquisa de França, Itália e Estados Unidos, além de chilenos, para estabelecer a classificação, disse a ambientalista Elsa Cabrera, do CCC.

O zoólogo italiano Lorenzo Rossi, especialista em fauna marinha, um dos primeiros a receber as fotografias, afirmou que o polvo de Maullin é igual ao encontrado nos Estados Unidos há mais de um século.

Não sei se já anteriormente o tinha visto.

Só sei que, eu que procuro a fama há tantos anos, não me importava de o transformar em filetes, passá-lo por ovos de avestruz e … talvez tivesse dificuldade numa frigideira, onde o pudesse frigir ..., mas arranjar-se-ia.

Depois.

Bem, depois, era um arroz malandrinho, com os restos do malandro do bicho e um lugar no Guiness, para fazer a digestão!


3 comentários:

Anónimo disse...

O seu burro não existe polvo desse tamanho isso é uma espécie de lula muito rara é considerado o maior olho do mar.

xistosa - (josé torres) disse...

Para mim, um anónimo é um monte de merda e se escreve besteira, para além de besta é uma cavalgadura.
Se não conhece não profane a sabedoria e vá-se informar para ficar mais inteligente e as orelhas não lhe crescerem mais.

Só hoje é que vi isto, mas ainda vou a tempo de o mandar à merda ou para a merda!!!

Anónimo disse...

Esse cara não tem o que fazer.Ele é cosiderado, por mim, um pústula.